quarta-feira, setembro 17, 2008

Sexo, bigodes e Rock and roll

Texto: Thiago Soares
Fotos: Jorge Mariano

No dia 6 de setembro a banda maringaense A Sexta Geração da Família Palim do Norte da Turquia fez um show de lançamento do novo disco “Por Que No Te Callas?”, o segundo disco da banda, dessa vez, lançado pelo selo paulista, Volume 1. O evento contou com a participação de outros dois grandes nomes do cenário independente nacional, Charme Chulo e Zefirina Bomba.

O show da Família Palim foi energético. Com o palco decorado por alguns manequins trajando vestes sensuais, com todos os turcos usando belos bigodes naturais (toma isso Bazar Pamplona e seus bigodes postiços), a apresentação foi empolgante do começo ao fim. O show contou com uma grande participação do público que cantou praticamente todas as músicas, tanto as novas presentes nesse segundo trabalho, quanto já outros clássicos da banda do primeiro CD. Além da participação do público, algumas figuras do rock paranaense atual fizeram sua parte no show, como Nevilton que subiu ao palco para cantar “Boa Noite, Cinderela” e Igor Filus, do Charme Chulo, que cantou junto com a Família Palim, a música “Indie D+” no show e também no disco.

Quem se apresentou depois da Sexta Geração da Família Palim do Norte da Turquia foi o Zefirina Bomba. Show fantástico! Sonoridade, presença de palco, composições e microfonia, tudo em perfeita sintonia. “É o Nirvana brasileiro” como disse Igor Filus. Os caras mandaram várias músicas que mexeram com a cabeça das pessoas presentes, ou melhor, que “racharam” a cabeça delas. É no show do Zefirina que você vê que tudo o que disseram sobre eles é verdade, só faltou quebrar a viola/violão ou seja lá o que for aquele instrumento barulhento.

Os shows do Charme Chulo em Maringá são sempre emocionantes. Como já disse uma vez, “pra mim, o Charme Chulo é também uma banda de Maringá”. Os caras se sentem em casa em cima do palco, e o público, vai sempre ao delírio. O Charme Chulo tocou as já bem conhecidas músicas do primeiro disco, além de uma do EP e uma que estará no próximo disco, previsto pra ser lançado em abril de 2009. Rolou também uns covers, um beijo de Igor Filus no Manequim e uma homenagem da banda à Família Palim, tocando mais uma vez a música “Indie D+”. Mas esses foram os detalhes, o show, por si só, já é impressionante.

2 comentários:

Lizandra disse...

Só o Hashid não tinha bigode!

João Victor disse...

Bigodes postiços, né?
Ok... vai ter volta...
No nosso próximo show vamos usar manequins usando a burca!
RÁÁÁ!
Tomou, papudo!